FISESP e CONIB acionam Polícia Federal e Decradi por vídeo postado por neonazistas

901

A Federação Israelita SP e a Confederação Israelita do Brasil acionaram nesta segunda-feira, 9 de janeiro, a Polícia Federal e Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) por um vídeo antissemita postado recentemente por um grupo neonazista.

O grupo colou em novembro de 2016, em um poste da Rua Augusta, importante via de São Paulo, um cartaz com a inscrição “Com judeus, você perde”.

Em vídeo postado no dia 24 de novembro de 2016, junto ao cartaz, o rabino Gilberto Ventura enumerou as muitas contribuições trazidas pelo judeu e pelo judaísmo à sociedade, rasgou o cartaz e desafiou os autores a voltar a colá-lo, na “nossa frente”.

Logo após, os autores postaram um vídeo em resposta, na mesma Rua Augusta, em que citam Ventura e conclamam: “Fora, judeus!”. Eles não demonstraram nenhuma preocupação em esconder seus rostos. O vídeo só se tornou conhecido neste final de semana.

O grupo chegou a ser preso em 3 de janeiro de 2017, na estação de Metrô Anhangabaú, por ter marcado uma briga com grupos rivais, mas foi solto. A prisão, que foi noticiada pelo R7, não teve relação com o vídeo antissemita.