CAMPANHA CHARIDY FUNDO DE BOLSAS NINGUÉM FICA DE FORA

132

Para o professor Jonathan Sacks, rabino chefe da Inglaterra, “ Os judeus sobreviveram, simplesmente, porque devotaram suas melhores energias à educação, seu dinheiro a escolas, sua admiração aos eruditos, suas horas livres ao estudo, e sua primeira preocupação com a matrícula de seus filhos”.

Para criar um novo capítulo da história da educação judaica em São Paulo e atender ao maior número de alunos para que ninguém fique fora do ambiente escolar em 2018, e potencializar recursos para oferecer uma educação de qualidade a todos, será lançada nos dias 25 e 26 de outubro, a Campanha  Charidy Fundo de Bolsas.

A Campanha, que pretende arrecadar pelo menos R$ 4 milhões e busca beneficiar alunos de todas as 15 escolas da comunidade judaica,  terá a duração de apenas 24 horas.

Graças a generosos doadores multiplicadores, cada real doado terá seu valor quadruplicado.  As doações poderão ser feitas online, via cartão de crédito em um portal de doações exclusivo da campanha, ou depósito bancário.

 

O que é o Fundo de Bolsas

 A concessão de bolsas de estudos para famílias em dificuldades financeiras, tem sido um tema recorrente quando se fala em educação judaica. A Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) estima que ao menos a metade dos jovens em idade escolar da comunidade judaica de São Paulo está fora das escolas judaicas. Dos 4,5 mil alunos matriculados nessas escolas, cerca de 2 mil  (44%) são bolsistas ou tem algum tipo de desconto,  e a necessidade continua crescente.

Em 2016 foi criado o Fundo de Bolsas, uma entidade independente, inspirada no Projeto Ieladim e Bolsas Arymax, para gerir essas bolsas com profissionalismo e dentro dos critérios de governança e transparência, com a proposta de manter em escolas judaicas o maior número possível de crianças e jovens da comunidade que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Fundo de Bolsas, que tem apoio total e irrestrito da Federação Israelita do Estado de São Paulo, visa ampliar sua capacidade de atuação de modo a apoiar cada vez mais famílias, melhorar a situação das mesmas e se aproximar das escolas para que proporcionem uma educação de qualidade para esses jovens, que são o futuro da comunidade judaica de São Paulo.

A concessão das bolsas é feita a partir de criteriosa análise socioeconômica das famílias. Juntamente com as escolas, é feito o acompanhamento do desempenho de frequência, e é dado apoio aos pais e responsáveis com programas de qualificação profissional e aproximação do judaísmo. O anonimato da criança e de sua família é sempre preservado.

“Agora é possível fazer a diferença e mudar essa história. Convidamos toda a comunidade a participar da Campanha  Charidy Fundo de Bolsas  e assim conseguiremos atender as famílias da comunidade que precisam do nosso apoio. Neste ano, o Fundo de Bolsas conseguiu atender a 393 crianças e em 2018 queremos atender pelo menos os  622 pedidos que tivemos ”, frisou o gestor do Fundo de Bolsas, Gabriel Zitune.

 

A plataforma de captação Charidy

Charidy, uma empresa Americana com filial no Brasil, desenvolve campanhas de crowdfunding através de uma plataforma online. Com um conceito inovador, vem mobilizando doadores que buscam um mundo melhor ao apoiar organizações e entidades, aproveitando o potencial do público para financiar campanhas de alto impacto de maneira rápida e inteligente. Desde sua fundação, em 2013, já foram captados mais de R$ 1 BI em mais de 2000 campanhas por todo o mundo.