Comunidade Judaica de SP lamenta a participação de membro do Hezbollah em evento na sede governo paulista

6618

NOTA OFICIAL

A FISESP – Federação Israelita do Estado de São Paulo, representante oficial da comunidade judaica de SP, vem a público manifestar a sua indignação com a notícia, publicada pelo portal da Revista Veja, de que um membro do grupo terrorista Hezbollah participou de um evento na sede governo paulista.

Infelizmente, o governador Marcio França e sua equipe ignoraram os vínculos dessa organização com o contrabando e o tráfico de drogas na região da Tríplice Fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, além da sua posição radical pela destruição do Estado de Israel, e deram legitimidade para um grupo reconhecido como terrorista por inúmeros países democráticos.

Lamentamos profundamente a condução do tema pela autoridade maior de nosso Estado. Registramos nossa preocupação, porque já foram vítimas deste grupo terrorista centenas de pessoas inocentes, no mundo todo, sem distinção de raça, credo ou cor.

Como judeus brasileiros, nos cumpre a obrigação de alertar, exigir e sempre apoiar as autoridades legalmente constituídas em território nacional, para que se mantenham verdadeiramente alertas em fatos como esse, esperando que nosso governador, Marcio França, não de guarida àqueles que encontram no terror a sua forma única de manifestação.

CLIQUE AQUI E LEIA E REPORTAGEM DA VEJA: Membro do Hezbollah participou de evento na sede governo paulista