Câmara Municipal de São Paulo homenageia os 70 anos de Israel com Sessão Solene

69
O cônsul geral de Israel em São Paulo, Dori Goren, recebeu homenagem do vereador Gilberto Natalini.

Em comemoração aos 70 anos de Israel e por iniciativa do Vereador Gilberto Natalini, realizou-se nesta terça-feira, 22 de maio, Sessão Solene no Palácio Anchieta, com a participação do Presidente da Câmara Municipal, Vereador Milton Leite.

O evento contou com a presença maciça de lideranças judaicas, tais como o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, o cônsul de Israel em São Paulo, Dori Goren, acompanhado de sua esposa Cecília, os presidentes da Fisesp, Conib, Hospital Israelita Albert Einstein, Hebraica e KKL Brasil, Luiz Kignel, Fernando Lottenberg, Sidney Klajner, Daniel Bialski e Eduardo El Kobbi, além de Claudio Lottenberg, presidente do Conselho do Einstein e Ricardo Berkiensztat, presidente executivo da Fisesp. Também estiveram presentes representantes da B’nai B’rith, CIP e Wizo.

Presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Milton Leite

As lideranças foram recebidas pelo embaixador Affonso Massot, secretário-adjunto de Relações Internacionais da Prefeitura de São Paulo, pelo presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Milton Leite e pelos vereadores Gilberto Natalini e Fernando Holiday.

Vereador Fernando Holiday

A solenidade contou com a exibição de um vídeo sobre os 70 anos de Israel e apresentação da Banda da Polícia Militar que executou os hinos de Israel e do Brasil, e com discursos que enfatizaram como Israel, um país pequeno e com poucas riquezas naturais, frequentes conflitos com seus vizinhos e críticas da comunidade internacional, conseguiu prosperar e se tornar um berço da democracia no Oriente Médio e uma nação empreendedora. Também mereceu destaque o papel do Brasil na criação de Estado de Israel e o bom relacionamento entre o povo judeu e a cidade de São Paulo.

o presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Luiz Kignel.

“Hoje a homenagem é para Israel, uma nação independente e democrática, porém quero fazer meu agradecimento à cidade de São Paulo. Nesses 70 anos de Israel, e em nome da comunidade judaica de São Paulo, agradeço a esta cidade que acolheu não só meus pais e avós, como a primeira leva de imigrantes que chegou aqui em falar a língua e sem dinheiro. Foi essa próspera São Paulo que lhes deu emprego e dignidade. Cabe a nós judeus de São Paulo e judeus brasileiros agradecer a vocês que nos acolheram, pois hoje estamos integrados como judeus e como brasileiros”, ressaltou o presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Luiz Kignel.

Fernando Lottenberg. presidente da Conib, também discursou.
O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.