Executivo do Itaú BBA participa de almoço da Câmara Brasil-Israel e demonstra otimismo com relação ao Brasil

100
Renato Ochman, Roderick Greenlees e Henry Sztutman

Roderick Greenlees, Global Head do Investment Banking Department do Itaú BBA falou sobre Perspectivas para negócios e investimentos no Brasil

“Estamos com uma visão bastante otimista, acreditamos que a reforma da previdência será aprovada e que o país voltará a crescer e terá uma recuperação importante a partir do segundo semestre”, destacou Roderick Greenlees, Global Head do Investment Banking Department do Itaú BBA, durante almoço realizado pela Câmara Brasil – Israel de Comércio e Indústria, nesta segunda-feira, 25 de março, no Restaurante Cantaloup.

Greenlees, que esteve envolvido em transações estratégicas no Brasil e na América Latina nos últimos 24 meses, falou para um seleto grupo de empresários, diretores e associados da Câmara Brasil – Israel sobre “Perspectivas para negócios e investimentos no Brasil”.

Ele apresentou o cenário macroeconômico, abordando mercados globais como Estados Unidos, Zona do Euro e Japão , onde o crescimento deve se estabilizar, e destacou projeções para o Brasil com relação a PIB, inflação, política monetária, fiscal e balança de pagamentos, frisando que o reequilíbrio fiscal do país depende das reformas. “Esperamos a aprovação da Reforma da Previdência em 2019. Acreditamos que a versão a ser aprovada pelo Congresso terá impacto fiscal de 50% a 75% em relação ao texto enviado pelo governo”.

Para o Itaú-BBA, apesar da melhora dos indicadores de confiança, a economia ainda não reagiu e o desemprego permanecerá alto. Embora o governo tenha alternativas para lidar com o déficit fiscal no curto prazo, depende das reformas para uma solução permanente. “Não faltará capital externo para financiar o crescimento e acreditamos na recuperação gradual da atividade a partir de 2020, porém, desde que a reforma seja aprovada”, concluiu o executivo ao final do encontro.

Roderick Greenlees se juntou ao Itaú BBA em Fevereiro de 2011 como Managing Director e atualmente é Global Head do Investment Banking Department do banco. Anteriormente ele trabalhou no Investment Banking da Merrill Lynch e UBS em São Paulo e Nova York e no Pátria Investimentos em São Paulo.

Formado em Administração de Empresas pela FAAP e com MBA no INSEAD na França, Roderick esteve envolvido em transações estratégicas no Brasil e na América Latina nos últimos 24 meses incluindo o IPOs do Grupo Notre Dame Intermédica, do Carrefour Brasil e da Azul, a fusão da Suzano com a Fibria e a venda da Eletropaulo para a Enel, entre outros.

“Tivemos um evento especial, que transmitiu um quadro importante da economia brasileira, bem como o cenário e as previsões para os negócios no país, e o que é mais importante, contagiou os participantes com um grande otimismo”, destacou o vice- presidente da Câmara Brasil – Israel, Renato Ochman.