Sobrevivente do Holocausto será homenageada no dia em que Anne Frank faria 90 anos

227

No aniversário de 90 anos de Anne Frank, sua amiga Nanette Blitz Konig, sobrevivente do Holocausto e que também acaba de completar 90 anos, será homenageada por sua contribuição no combate ao preconceito e discriminação.  O evento acontece no dia 12 de junho, às 18h30, no Memorial da Imigração Judaica e do Holocausto, em São Paulo.

Nanette Blitz Konig é autora do livro “Eu sobrevivi ao Holocausto”, onde narra os dias de terror que passou quando ainda era adolescente. Seu trabalho com a memória sobre o período, tem estimulado jovens por todo o Brasil e exterior a lutarem por uma sociedade mais justa e igualitária.

Amiga de Anne Frank, foi a última de sua classe a conversar com a jovem, quando se encontraram no campo de concentração Bergen Belsen. Na ocasião, Anne teria confidenciado à amiga que havia escrito seu diário, que mais tarde tornou-se conhecido por todos.

No evento, participantes da Rede Jovem Anne Frank Brasil, entregarão à Sra. Nanette uma homenagem da Casa Anne Frank de Amsterdã por sua importância no combate ao preconceito, discriminação e seu trabalho em prol da memória sobre o período mais sombrio da história da humanidade, do qual ela é uma das poucas sobreviventes. A Rede Jovem Anne Frank faz parte das ações promovidas pelo Instituto Plataforma Brasil como representante da Anne Frank House no país.

Além das crianças de Cabreúva envolvidas com o Instituto Plataforma Brasil, o evento também contará com a presença de 27 crianças e jovens atendidas pela UNIBES – União Brasileiro Israelita do Bem Estar Social.

A programação da noite contemplará uma visita dos jovens ao Museu, bem como uma série de depoimentos sobre a Sra.Nanette, com a participação dos convidados, além da apresentação do documentário “The classmates of Anne Frank”. O filme, produzido por Theo Coster, que também foi colega de classe de Anne no Liceu Judaico, conta a história de cinco jovens sobreviventes da classe de Anne Frank, que moravam, à época da produção do documentário, em diferentes partes do mundo.

O evento é uma iniciativa do Instituto Plataforma Brasil e a Casa Anne Frank, que conta com a parceria com a Conib – Confederação Israelita no Brasil, Consulado Geral dos Países Baixos em São Paulo, Memorial da Imigração Judaica e do Holocausto e da Federação Israelita do Estado de São Paulo.