Comunidade judaica promove ato em recordação ao Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

1567

Evento que acontece em 26 de janeiro marcará os 75 anos da libertação do Campo de Concentração de Auschwitz

Por ocasião do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e para marcar os 75 anos da libertação do Campo de Concentração de Auschwitz, Confederação Israelita do Brasil (Conib), a Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisespe a Congregação Israelita Paulista (CIP), realizam no domingo, 26 de janeiro, às 18h30, na Sinagoga Etz Chaim da CIP, um Ato solene em Memória das vítimas do Holocausto.

O Ato marcará os 75 anos da libertação do campo de extermínio de Auschwitz e lembrará os seis milhões de judeus assassinados durante o Holocausto e as outras vítimas do nazismo, com o acendimento de seis velas por sobreviventes, autoridades políticas, líderes religiosos, institucionais e jovens.

Também haverá uma homenagem à sobrevivente do Holocausto Rachela Gotthilf z’l, falecida em 2019 e que teve sua mãe e seus avós executados em um campo de extermínio nazista.

No hall da instituição, acontecerá a exposição “História e Memória do Holocausto”, com obras feitas por adolescentes que cumprem medida de internação no Centro Socioeducativo de Uberaba (CSEUR – MG), com releituras de poemas e pinturas da época do Holocausto. A curadoria é de Ícaro Uriel Brito França.

Na segunda-feira, 27 de janeiro, haverá a exibição do filme “The Song of Names, às…., no Teatro Arthur Rubinstein de A Hebraica (Rua Hungria, 1000). Dirigido por François Girard, o drama conta a história de dois amigos de infância de Londres que tiveram suas vidas profundamente impactadas pela Segunda Guerra Mundial.

A data de 27 de janeiro de 1945 é uma das quais a humanidade não deve nunca se esquecer. Pelo mundo, diversas homenagens lembrarão os 75 anos do dia em que o maior campo de extermínio nazista foi libertado por tropas soviéticas. Em suas câmaras de gás e crematórios foram mortas pelo menos um milhão de pessoas.

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, em 2005, uma Resolução instituindo o dia 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. A resolução rejeita qualquer questionamento de que o Holocausto tenha sido um evento histórico, enfatiza o dever dos Estados-membros de educar futuras gerações sobre os horrores do genocídio e condena manifestações de intolerância ou violência baseadas em origem étnica ou crença.

Em São Paulo, a lei que institui um dia em memória às vítimas do Holocausto é de autoria do então vereador Floriano Pesaro e foi sancionada pelo prefeito Gilberto Kassab no dia 12 de dezembro de 2009.

Ato Solene em Memória das Vítimas do Holocausto conta com o apoio da Agência Judaica para Israel, A Hebraica, Arq Shoah, B’nai B’rith, Beth- El, Comunidade Shalom,  Consulado Geral de Israel em São Paulo, Fundo Comunitário, KKL Brasil, Sherit Hapleitá, Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Pit Cult e Unibes.

Evento: Ato Solene em Memória às Vítimas do Holocausto

Data: 26 de janeiro de 2020 (Domingo)

Horário: 18h30 pontualmente (abertura dos portões às 17h30)

Local: Sinagoga Etz Chaim da Congregação Israelita Paulista (CIP) – Rua Antônio Carlos, 653 – Consolação