Liderança da Conib vai à Brasília para encontros com parlamentares e autoridades federais

25
Da esquerda para a direita, Alexandre Judkiewicz, Otavio Aronis, Senador Luiz Carlos Heize, Sebastian Watenberg e Victor Nigri

Uma equipe formada pelos diretores da Conib Octávio Aronis, Sebastian Watenberg e Victor Elias Nigri, pela coordenadora de segurança da Conib, Leslie Sasson, e Alexandre Judkiewicz, diretor do Departamento de Segurança Comunitária-SP, esteve na terça, 06 de Julho, em Brasília para uma série de encontros com parlamentares, autoridades e representantes comunitários.

A equipe esteve com o senador Lasier Martins (Podemos) e com o deputado federal Ubiratan Sanderson (PSL). As conversas giraram em torno da lei antiterrorismo, já que ambos tem propostas para uma reformulação, assim como a lei antirracismo, outro tema abordado.

Aos parlamentares foi entregue o livro sobre discurso de ódio, um dos produtos resultantes da pesquisa “A construção do conceito jurídico de discurso de ódio no Brasil”, realizada pelo Centro de Ensino e Pesquisa em Inovação (CEPI) da FGV Direito SP, com o apoio da Conib.

Visitas ao Departamento de Inteligência da Polícia Federal e ao senador Luis Carlos Heinze (PP/RS) fecharam a agenda. Com os diretores da PF Felipe Seixas e José Fernando Chuy, a Conib tratou de diversos temas de interesse da comunidade judaica além de estabelecer uma parceria mais próxima, com encontros mais constantes com a instituição federal.

O grupo também esteve com a liderança da Associação Cultural Israelita de Brasília (ACIB), onde foram recebidos pela presidente Tamara Socolik e membros da sua diretoria, visitou a comunidade local e o Chabad, onde estabeleceram uma calorosa conversa com o rabino Leib Rojtenberg.

“Fizemos visitas de cortesia e de aproximação, em que a Conib apresentou projetos e anseios da comunidade”, disse o diretor de segurança da Conib, Octávio Aronis.

Ubiratan Sanderson, Sebastian Watenberg e Octávio Aronis