A velhice e o tempo são uma benção, diz Tony Ramos em live da CIP

10

 

Tony Ramos, um dos mais consagrados atores da TV brasileira, deu uma lição de otimismo, tolerância e respeito ao próximo na terça-feira, 10 de agosto, quando foi recebido pelo  rabino Michel Schlesinger no Dilemas Éticos da Congregação Israelita Paulista (CIP).

O evento online teve como tema “Envelhecimento é doença? e aconteceu em parceria com a Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp), através do Programa “Até os 120”, que tem como objetivo ressignificar o envelhecimento.

O ator, prestes a completar 73 anos, contou que trabalha desde os 14 anos e que teve uma educação muito aberta. Ele também falou sobre  como enxerga o envelhecimento. “O envelhecimento não é uma doença. Eu não lido com a velhice, mas sim com o tempo, com o ganho dos anos e com a evolução da idade. Para mim a velhice e o tempo são uma verdadeira benção”.

Fazendo referência a uma parábola, o rabino Michel relatou que Deus presenteou o patriarca com uma “coroa da velhice”, que é como os cabelos brancos são chamados na tradição judaica clássica. Segundo essa lenda, antes de Abrão, as pessoas não envelheciam e não era possível respeitar a sabedoria do mais velho.  A tradição judaica resiste muito em ver a velhice como algo negativo. Envelhecer é um bom sinal, pois só envelhece quem está vivo”, destacou.

Casado há 53 anos, Tony Ramos falou sobre o amor e o relacionamento saudável que tem com sua esposa Lidiane. Ele também deu detalhes da viagem que fez a  Israel. “Visitei Jerusalém,  Tel Aviv e até mesmo um Kibutz. Tive a oportunidade de  participar de uma  cerimônia de Rosh  Hashaná (Ano Novo Judaico) em nosso Hotel e fiquei muito surpreso quando várias pessoas se aproximaram para falar comigo. Nesse momento,  fiquei sabendo que várias novelas nas quais atuei foram exibias em Israel,  e me dei conta de como nossas novelas já viajaram pelo mundo”.

O encontro on-line teve tradução em libras e  transmissão ao vivo pelos  canais digitais da CIP. Quem perdeu pode assistir em www.cip.org.br/aovivo.

O evento Dilemas Éticos é uma  realização da Congregação Israelita Paulista (CIP) e conta com o patrocínio de: Itaú-Unibanco,  CSN, Bemol, GR Segurança, Focus Energia, Helbor e Rosset e apoio da Unibes Cultural e Lei Federal de Incentivo à Cultura.