Astro da série Fauda participa de evento realizado pelo KKL Brasil e A Hebraica

41

O ator e produtor de sucesso da série israelense Fauda, Lior Raz, lotou o Centro Cívico do Clube em um evento realizado pela ong ambiental KKL Brasil em parceria com A Hebraica SP para comemorar os 75 anos da Independência de Israel. Com mais de dois mil ingressos disponíveis para o público, que se esgotaram rapidamente, Lior participou de um talk show que teve como tema “Conheça a visão por trás do sucesso“, e que teve o  ator Dan Stulbach como mestre de cerimônias e entrevistador.

Filho de imigrantes do Iraque e da Argélia, nascido no assentamento israelense de Ma’ale Adummim, na Cisjordânia, Lior cresceu falando árabe com os trabalhadores do viveiro de plantas de seu pai. Após terminar o Ensino Médio, se alistou nas Forças de Defesa de Israel e se tornou um soldado de elite da unidade de forças especiais antiterrorismo. Em 1993, foi morar nos Estados Unidos e trabalhou como segurança do ator Arnold Schwarzenegger.

Como um sim, depois de vários nãos, mudou o destino dos produtores de Fauda

Conhecido por sua atuação emocionante e seus esforços para humanizar o conflito entre palestinos e israelenses, Raz deu detalhes de quando se juntou ao jornalista Avi Issacharoff,  que serviu com ele na  mesma unidade das forças especiais,  e tiveram a ideia de retratar seus conflitos e  experiências na série “Fauda”.  Ele dividiu com a plateia a frustração que sentiu ao ouvir muitos nãos dos estúdios de TV, e como   um único sim, dos estúdios Yes que aceitaram veicular a série, mudou suas vidas para sempre.

Tragédia real com ex-namorada de Lior Raz inspirou na criação da série

Emocionado, Lior  também falou sobre como se inspirou em uma tragédia pessoal, quando Iris Azulai,  sua primeira namorada, morreu esfaqueada por um terrorista em Jerusalém e da dificuldade na hora de fazer a escolha da atriz para interpretar esse papel na primeira temporada de Fauda.

Fama e sucesso global e no mundo árabe 

O protagonista de Fauda também  abordou o extraordinário sucesso da série falada em Hebraico e em árabe, inclusive no mundo árabe e em países como Líbano, Síria, Jordânia e Emirados Árabes e  da sensação ao se tornar o protagonista de uma série israelense de sucesso mundial, o que para ele foi uma grande surpresa em vários sentidos.

“Eu estava na fila da imigração para entrar nos Estados Unidos, o que é sempre tenso para um israelense. Uma agente da imigração começou a me encarar, e eu comecei a suar, pressentindo que teria problemas. Quando chegou minha vez na fila, tentei dar a minha vez para outra pessoa. Ela apontou para mim e disse: você, venha aqui …. chegou bem perto e, para minha surpresa,  me disse:  Ei, quando vai sair a segunda temporada de Fauda? E foi um tumulto no Aeroporto , com muitas pessoas gritando Doron, Doron”.

O presidente da Hebraica, Fernando Rosenthal, Dan Stulbach e o presidente do KKL Brasil, Rudi Solon

Rudi Solon, presidente do KKL Brasil, subiu ao palco e falou sobre os desafios da nova diretoria, e  convidou os  presentes a fazerem doações para o novo bosque  do KKL em celebração dos 75 anos do Estado de Israel e 70 anos da Hebraica SP, duplicadas pelo Banco Daycoval durante o evento. “Este evento é um marco inicial de uma nova fase do KKL. Queremos promover cada vez mais ações inovadoras e com participação da comunidade para fortalecer os vínculos entre Brasil e Israel. Temos muito para colaborar nas áreas de sustentabilidade, tecnologia, agricultura, água e combate às mudanças climáticas”.

“Temos o desafio de manter acesa a chama da nossa comunidade e do nosso Clube. A Hebraica se reinventa a cada ano. Nessa semana tomamos a decisão desse formato de evento. Isso mostra o tamanho e a potência da Hebraica em realizar um evento como esse”, frisou Fernando Rosenthal, presidente da A Hebraica.

“Sou um grande fã da série Fauda e foi uma honra poder debater com Lior Raz. Ele soube fazer da arte um processo de transformação pessoal. O mundo inteiro é fã de Fauda, uma série feita com verdade e autenticidade. É nisso que acreditamos ao escolher a arte, alcançar as pessoas por meio de um trabalho que seja o mais verdadeiro possível”, ressaltou Dan Stulbach.

Mensagem de paz e coexistência ao final do evento

Após responder a várias perguntas do público, Lior Raz finalizou o talk show com a seguinte mensagem: “ Eu acredito na paz e na coexistência entre judeus e árabes.  Somos praticamente primos e precisamos deixar que pessoas decentes e não apenas os líderes, nos mostrem o caminho para que tenhamos paz no mundo”.

Lior Raz recebe do público uma camiseta do Corinthians

Saiba mais sobre o KKL Brasil

KKL Brasil é uma organização ambiental sem fins lucrativos e um braço do Keren Kayemet LeIsrael, que trabalha há mais de 120 anos para proteger e preservar o meio ambiente em Israel e no mundo. A organização tem como objetivo promover a sustentabilidade, fomentar a educação em relação ao meio ambiente, criar e cuidar de novas reservas naturais, estimular a conservação ambiental e plantar árvores. O KKL Brasil busca criar um futuro sustentável e saudável para as próximas gerações.

Assista o evento: https://www.facebook.com/kklbrasil/

Crédito fotográfico: Abner Palma