Comunidade Judaica bate recorde na Campanha do Agasalho

269

Cerca de 400 jovens da comunidade judaica “invadiram” as ruas de Higienópolis durante a 17a Mega-Campanha de Arrecadação de Agasalhos, promovida pela Federação Israelita do Estado de São Paulo e que este ano, além dos movimentos juvenis, contou também com a presença de jovens do Taglit e Makom.

Como acontece todos os anos, a campanha, que contou com a presença da presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, D. Lu Alckmin, teve início às 10h, com a concentração dos jovens na Praça Vilaboim, de onde os participantes saíram para percorrer o bairro em cinco caminhões e carros de som. Também neste local aconteceu o “Drive Thru da Cidadania”, já tradicional entre os moradores do bairro, que passaram pela Praça “arremessando” seus agasalhos nas caixas de coleta.

Foram arrecadados cerca de 25 mil peças que serão entregues ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, superando a marca de 23 mil peças de agasalhos recolhidas pela comunidade judaica em 2016. Além da coleta nas ruas, a Federação Israelita também promoveu a arrecadação em entidades judaicas e estabelecimentos comerciais, que juntos somaram cerca de 30 postos de coleta.

Segundo o presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Bruno Laskowsky, “Tão importante quanto a participação dos jovens, é o fato de prestarmos solidariedade e colocar em prática o conceito da “Tzedaká”, que representa a justiça social”.

“Há 17 anos a Federação Israelita participa da Campanha do Agasalho. O que os jovens da comunidade judaica estão fazendo hoje, mostra solidariedade e amor ao próximo, além de estimularam jovens de outras comunidades a participar. Estes jovens são o futuro e tem esse poder de mobilizar pelas grandes causas”, destacou a presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, D. Lu Alckmin.

A 17ª Edição da Mega – Campanha de Arrecadação de Agasalhos da Comunidade Judaica em Higienópolis contou com o apoio do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, do Conselho Juvenil Judaico Sionista e da Unibes. A realização é da Federação Israelita do Estado de São Paulo.

Confira aqui a reportagem da TV Record no evento