Conib e Fisesp repudiam stand-up antissemita, em apresentação de humorista alemã

1869

Confederação Israelita do Brasil e a Federação Israelita do Estado de São Paulo enviaram mensagens a Lea Maria Jahn e ao Clube do Minhoca, uma casa de shows de comédia do centro de São Paulo, em razão de uma apresentação ocorrida naquele local.

Naquela ocasião, conforme diz a carta endereçada à artista, ao fazer referência à sua origem alemã e ao antissemitismo, ela trouxe à lembrança, de forma inapropriada e vulgar, tristes situações da época do Holocausto como tema de piadas capazes de ferir e magoar suas vítimas.

Ambas as instituições ressaltam que a apresentação está circulando em diversas redes sociais e grupos em diversas plataformas populares, às quais têm acesso sobreviventes do Holocausto e seus familiares.

Manifestando repúdio ao tipo de comédia escolhido, solicitam a publicação de desculpas aos ofendidos.

Já ao estabelecimento, mensagem de semelhante teor foi endereçada, explicando as razões que levam à manifestação de repúdio. Aos responsáveis é pedido um posicionamento claro e a retratação.

Confederação Israelita do Brasil
FISESP – Federação Israelita do Estado de São Paulo.